Álvaro Fonseca e Francisco Pinheiro

O que estão a ouvir, não é o que eu estou a ouvir

Sound Walk

26 Set. 10h00

+ info e inscrições: lisboa soa@gmail.com
máx. 15 participantes
duração: 2h30
Percurso: circular

Esta caminhada será pretexto para o coletivo “West Coast” partilhar algumas das suas experiências no rio Tejo, criando um paralelismo entre o ambiente sonoro da cidade e os lugares ribeirinhos por onde tem estado com o projeto Guarda-Rios.  A partir de ações de escuta, pensaremos em conjunto a nossa relação com a cidade e as arquiteturas que nos levam ao rio.
“Estivemos junto do rio Tejo em duas épocas do ano (Primavera e Outono), na região da sua entrada em Portugal. Numa tarde, após uma caminhada perto do rio Sever (afluente do Tejo), cruzámo-nos com um habitante da aldeia de Montalvão que perscrutava a paisagem através de binóculos. Perguntou-nos o que víamos quando olhávamos os campos em volta. Após algumas tentativas de resposta da nossa parte, ele devolveu-nos a frase:  O que estão a ver, não é o que eu estou a ver. “

This walk will be the pretext for the West Coast collective to share some of their experiences on the Tagus River, creating a parallel between the city’s sound environment and the riverside places where it has been with the Guarda-Rios project. Based on listening actions, we will think together about our relationship with the city and the architectures that lead us to the river.
“We were by the Tagus River at two times of the year (Spring and Autumn), in the region where it entered Portugal. One afternoon, after a walk near the Sever river (tributary of the Tagus), we came across a inhabitant of the village of Montalvão who scanned the landscape through binoculars. He asked us what we saw when we looked around the fields. After a few attempts at an answer on our part, he returned the phrase to us: What you are seeing is not what I am seeing.”


Álvaro Fonseca e Francisco Pinheiro

https://vimeo.com/coastwestcoastwest

Álvaro Fonseca e Francisco Pinheiro fazem parte do colectivo West Coast, que tem desenvolvido um trabalho de criação e investigação a partir de diferentes rios do país, através do seu projeto Guarda-Rios.


Álvaro Fonseca and Francisco Pinheiro are part of the collective West Coast, which has developed a work of creation and research from different rivers of the country, through their project Guarda-Rios.