CONSTRUÇÃO DE UM KIT DE MICROFONE

Destinado a: Artistas, músicos, fotógrafos, profissionais de audiovisual, criativos, designers, outros – até 15 participantes. Nenhum conhecimento prévio é necessário.
Este workshop oferece a possibilidade de entrar no mundo do microfonia DIY caseira através da construção de dois tipos de microfones que nos permitem gravar som incontáveis e / ou situações musicais. Podemos escolher entre fazer um microfone de contato, um par de microfones stereo binaurais ou ambos.

Microfone de contacto: ideais para amplificar qualquer instrumento de corda ou percussão, também servem para capturar ressonâncias do contato com materiais como madeira, metal, água, etc … Estes microfones pode ser usado como hidrofones e ouvir sons debaixo de água

Microfone binaural stereo: ideal para capturar ambiente, instrumentos e gravações de campo, concertos, palestras, entrevistas ou palestras. Microfones binaurais são ideais para iniciantes no mundo da gravações de campo ou simplesmente melhorar a qualidade de som de vários dispositivos como câmaras DSLR, gravadores portáteis, etc.

Até 15 participantes
Inscrições: lisboasoa@gmail.com

EDU COMELLES, ES

Edu Comelles vive e trabalha em Valência, Espanha. É artista e curador de som e media, trabalhando nas áreas de novas media, arte sonora, produção musical e design de som numa ampla variedade de contextos.
Comelles tem tocado solo ao vivo e com projetos colaborativos em festivais como Sonar em Barcelona, Fase em Berlim, Escucha em Buenos Aires ou Radar Festival no México, entre outros. Seus sets ao vivo geralmente acontecem em lugares incomuns e não convencionais, como igrejas, claustros ou galerias de arte em Espanha e na Europa.
As suas instalações foram expostas em instituições como Reina Sofia em Madrid, LABoral em Gijón, Tabakalera (Donostia), Espai Rambleta, Bombas Gens em Valência; Etopia (Zaragoza), CAAM (Gran Canaria) ou o CCCB, Caixaforum ou Arts Santa Mónica em Barcelona, sua cidade natal.
Em 2017 ganhou o prestigioso Leonardo / BBVA Grant como o melhor trabalho de arte digital com o projeto Spectre. Foi premiado com bolsas de estudo em toda a Espanha e tem participado em coletivos de exposições de arte e individuais desde 2006.
Como curador, Comelles dirige e dirige a Audiotalaia, uma rede online ou netlabel dedicada à pesquisa, ensino e produção nas áreas de música experimental e arte sonora sob licenças creative commons. Todos os verões organiza o Acampamento de Verão da Audiotalaia, um encontro internacional de jovens artistas e curadores que acontece todos os anos nos arredores de Barcelona.
Ele também esteve envolvido em festivais como o Ensems em Valência ou a série de concertos no museu EACC de Castellón (Espanha). Antes disso Comelles tem sido uma figura chave organizando regularmente séries de concertos em Valência, a cidade onde vive e trabalha.
Comelles é PhD em arte sonora, mestrado em Sound Design na Universidade de Edimburgo, mestrado em Artes Visuais e novas media na Universidade Politécnica de Valência e graduação em Belas Artes na Universidade de Barcelona.