OPEN
CALL

24 | 25 | 26 | 27 | SET.

2 0 2 0

A “Viagem” pode levar-nos a inúmeras reflexões. Desde logo, neste tempo de pandemia global, é uma das atividades que mais estamos impedidos de fazer. É também por esse motivo que este vírus tem tido várias consequências no equilíbrio ecológico momentâneo do planeta. Se é verdade que a viagem nos liga a outras pessoas, culturas, países e continentes, também é verdade que a urgência em viajar acarreta sérias consequências para o ambiente. Hoje sabe-se que o turismo global causa quase um décimo de todas as emissões de gases de efeito-estufa, sobretudo pelas opções que tomamos para nos transportarmos de um local a outro.
Mas a Viagem também pode ser guiada pela escuta como processo de atenção ativa e de reação ao significado que um som pode conter. Quando escutamos, construímos um sentido de lugar íntimo e pessoal,
um mapa que percorremos de ouvidos abertos.
“Caminha tão silenciosamente que até as palmas dos teus pés se tornem ouvidos”, disse a compositora Pauline Oliveros, cujos exercícios de escuta podem ser considerados uma prática de cura, mas também uma forma de ativismo. Há um silêncio atento que é fundamental nesse processo e ao mesmo tempo, independente dos ruídos à nossa volta.
Esta forma de silencio dá espaço ao outro, é um movimento no sentido da inclusão. Relaciona-se com empatia.
Neste processo, cria-se a esperança num futuro.
O Lisboa Soa oferece 6 bolsas de 1500€ a artistas residentes em Portugal, para criação de instalações ou esculturas sonoras adaptadas ou criadas especificamente para o festival. Este valor deve incluir pesquisa, materiais e produção do trabalho e a ele acresce o apoio administrativo, de produção, documentação e comunicação por parte da nossa equipa.

As candidaturas devem ser enviadas até 15 de Junho para lisboasoa@gmail.com e incluir os seguintes materiais:

– Título da proposta
– Descrição técnica e conceptual (1 página)
– Área e caraterísticas do espaço idealizado para apresentação da obra
– Portfolio do artista (ou link para trabalhos prévios de referência)

As propostas selecionadas serão apresentadas em diferentes espaços da cidade, de 24 a 27 de Setembro de 2020, durante o Lisboa na Rua e no âmbito da Lisboa Green Capital 2020.