performances

A ‘Santa Melodica Orchestra’ é uma performance sonora para 20 performers, melódicas, tubos e balões.

Enquanto tocam, cada performer oscila o seu instrumento a uma determinada velocidade.

Juntos eles criam um efeito de arpejo, que se altera constantemente devido às mudanças de velocidade,

transformando os artistas num organismo cinético que se transforma continuamente.

Andreas Trobollowitsch é um artista sonoro e visual baseado em Viena.

Ele trabalha extensivamente nas áreas de composição eletroacústica e improvisação,

e compôs para dança, teatro, cinema e rádio. Baseado em sistemas de rotação, vibração e feedback,

ele usa principalmente objetos do dia-a-dia modificados, ventiladores preparados e instrumentos de cordas.

Recentemente, ele tem-se concentrado principalmente em composições conceptuais, construção

de instrumentos musicais, instalações de som e desenho. Interessado na dicotomia entre o intelectual

e o físico, ele inclui aspetos visuais, espacialidade, movimento e o modo como se relacionam com o som.

Ele recebeu a bolsa State Scholarship for Composition e foi artista SHAPE em 2017.

//


The Santa Melodica Orchestra is a sound performance for twenty performers, melodicas, cable tubes

and balloons. While playing, each performer swings their instrument at a certain speed.

Together they create an arpeggio effect, that constantly changes due shifts in speed, turning the performers

into a continually transforming kinetic organism.

Andreas Trobollowitsch is a mainly Vienna-based sound and visual artist.

He works extensively in the fields of electroacoustic composition and improvisation,

and has composed for dance, theatre, film and radio. Based on rotation, vibration and feedback systems

he uses mainly modified everyday objects, prepared fans and string instruments. Recently he has been

focusing primarily on conceptual compositions, self-developed musical instruments, sound and drawing

installations. Interested in dichotomy of the intelectual and the physical he includes visual aspects,

spatiality, movement, and the way that they relate to sound.

He received the State Scholarship for Composition and was SHAPE artist in 2017.